FAQ

Tire suas dúvidas

  • O que é o Sat HD Regional?

    O Sat HD Regional é o sinal da TV digital na parabólica, em alta definição, com a programação local do seu Estado. O objetivo do sinal Sat HD Regional é oferecer uma opção da programação em alta definição da Rede Globo aos telespectadores que residem em áreas urbanas e que já recebem o sinal digital via terrestre em UHF através de estações afiliadas localizadas nas capitais dos Estados. A cobertura contempla também pequenos municípios afastados dessas áreas urbanas e toda a área rural do país, segundo classificação do IBGE (saiba mais). Somente com um receptor autorizado do Sat HD Regional é possível receber o sinal da Rede Globo HD na sua parabólica. Para verificar os fabricantes oficiais, clique aqui.

  • Qual a diferença do Sat HD Regional para a TV Digital usada normalmente?

    A principal diferença é que a TV Digital é recebida por antena de UHF e um conversor digital ou um televisor com conversor integrado enquanto o Sat HD Regional é recebida por antena parabólica e um receptor de satélite digital específico.

  • Qual é a diferença entre o sinal analógico e o digital, nas parabólicas?

    O grande diferencial do sinal digital, além de possui uma imagem sem chuviscos, fantasmas e interferências e o som com qualidade de CD, é a possibilidade de assistir à programação em Alta Definição (HD). Hoje toda a programação da Rede Globo, em alta definição, pode ser recebida nas parabólicas localizadas dentro da área de cobertura do Sat HD Regional, através do receptor instalado. Para consultar a lista dos programas em alta definição exibidos pela Rede Globo, clique aqui. A qualidade da imagem em alta definição nas transmissões da Rede Globo é sempre Full HD (1080 linhas), com aspecto de tela 16:9 (widescreen). Alguns programas são transmitidos com áudio digital AAC 5.1. O modelo da TV que determina a qualidade da imagem exibida, veja os exemplos: TV LCD, plasma ou LED Full HD (1080 linhas), TV LCD ou plasma HD Ready (720 linhas) e TV analógica convencional (480 linhas).

  • Qual é a diferença do sinal Nacional para o sinal Regional no Sat HD Regional?

    O sinal Nacional é o sinal digital que possui exatamente a mesma programação do sinal analógico hoje existente. Ele pode ser sintonizado em alguns distritos (saiba mais) e todas as áreas rurais do país, segundo classificação do IBGE (saiba mais), exceto nos estados do Paraná, Goiás, Rio Grande do Sul e Minas Gerais. Nesses estados foram lançados os sinais Regionais de Curitiba, Goiânia, Porto Alegre e Belo Horizonte, respectivamente. Cada sinal Regional é digital e oferecido para uma grande área metropolitana, alguns distritos e também para municípios pequenos no interior do mesmo estado/região, além das áreas rurais dentro do mesmo estado, segundo classificação do IBGE (saiba mais).

  • Qual é o objetivo dos sinais Regionais?

    O objetivo dos sinais Regionais é dar acesso ao telespectador a uma nova experiência de assistir TV, em alta definição, proporcionando o conteúdo de sua região (jornalismo, comerciais, produções locais), anteriormente fora de seu alcance através da parabólica analógica. Esse mesmo sinal regional substituirá o nacional nas áreas rurais do mesmo estado, propiciando assim a integração dos moradores de propriedades rurais à cultura, informações cívicas e políticas e notícias de seu estado.

  • Quando e quais foram os sinais Regionais já lançados?

    Os sinais Regionais do Sat HD Regional foram lançados em novembro de 2011 (Curitiba, PR) janeiro de 2012 (Goiânia, GO e Porto Alegre, RS) e Outubro de 2012 (Belo Horizonte, MG). Em breve, outras regiões do país também serão contempladas com o sinal regional da geradora afiliada da Rede Globo do seu estado.

  • Qual é área de cobertura do sinal Nacional?

    O sinal Nacional hoje está disponível em milhares de distritos (saiba mais). e em todas as áreas rurais do país, segundo classificação do IBGE (saiba mais). Recomendamos que antes de adquirir seu receptor, faça uma consulta de disponibilidade de sinal, clicando aqui.

  • Qual é área de cobertura do sinal Regional de Curitiba?

    O sinal Regional de Curitiba contempla toda a área rural do Paraná, segundo classificação do IBGE (saiba mais)., mais 62 municípios no estado, incluindo as cidades da Grande Curitiba. Com isso o sinal regional, ou seja, a programação da Rede Globo nessas regiões é a mesma da geradora afiliada da rede, no caso a TV Paranaense. Para consultar a listagem dos 62 municípios clique aqui.

  • Qual é área de cobertura do sinal Regional de Goiânia?

    O sinal Regional de Goiânia contempla toda a área rural de Goiás, segundo classificação do IBGE (saiba mais)., mais 126 municípios no estado, incluindo as cidades da Grande Goiânia. Com isso o sinal regional, ou seja, a programação da Rede Globo nessas regiões é a mesma da geradora afiliada da rede, no caso a TV Anhanguera Goiânia. Para consultar a listagem dos 126 municípios clique aqui.

  • Qual é área de cobertura do sinal Regional de Porto Alegre?

    O sinal Regional de Porto Alegre contempla toda a área rural do Rio Grande do Sul, segundo classificação do IBGE (saiba mais), mais 180 municípios no estado, incluindo as cidades da Grande Porto Alegre. Com isso o sinal regional, ou seja, a programação da Rede Globo nessas regiões é a mesma da geradora afiliada da rede, no caso a RBS TV Porto Alegre. Para consultar a listagem dos 180 municípios clique aqui.

  • Qual é área de cobertura do sinal Regional de Belo Horizonte?

    O sinal Regional de Belo Horizonte contempla toda a área rural de Minas Gerais, segundo classificação do IBGE (saiba mais), milhares de distritos (saiba mais) e mais 182 municípios no estado, incluindo as cidades da Grande Belo Horizonte. Com isso o sinal regional, ou seja, a programação da Rede Globo nessas regiões é a mesma da Globo Minas. Para consultar a listagem dos 182 municípios clique aqui.

  • Como descubro se estou na área de cobertura do Sat HD Regional?

    Para verificar se o sinal está disponível em sua residência, o telespectador pode fazer uma consulta online clicando aqui, ou entrar em contato com a Central de Atendimento ao Telespectador (CAT) através de um formulário disponível no próprio site, clicando aqui. Outra opção é ligar para o telefone 4002-2884 (custo de uma ligação local) e falar diretamente com um atendente.

  • Quais são os receptores oficiais do Sat HD Regional?

    Atualmente existem no mercado dois modelos de receptores para o Sat HD Regional, Compact e Tech, ambos comercializados pela empresa Elsys. Na embalagem do receptor, você encontrará um aparelho chamado GLU, que deve ser instalado junto à antena parabólica. Para maiores informações sobre os receptores, clique aqui. É importante citar que os receptores originalmente fabricados pela empresa Technicolor (ex-Thomson) são atualmente comercializados e distribuídos pela Elsys e continuam funcionando no Sat HD Regional. Para informações e/ou dúvidas sobre esses equipamentos, entre em contato diretamente com a Elsys.

  • Já fiz a consulta de disponibilidade de sinal e estou na área de cobertura, onde consigo adquirir um receptor?

    O kit (receptor + GLU) pode ser encontrado nas lojas de antenistas, que também fazem a instalação. Alternativamente, o kit pode ser adquirido diretamente com a Elsys. Os contatos da Elsys são:

    Telefone: (19) 2101-0380 (atendimento de 2f a 6f de 8hs às 18hs)

    E-mail: sac@elsys.com.br

    Site: http://www.elsys.com.br/para-voce/produtos/sat-hd

  • Qual é o procedimento correto para instalar o receptor?

    Recomendamos que toda a instalação seja realizada por profissional habilitado, ou seja, um antenista. Se o telespectador já possui uma antena parabólica, ele provavelmente já tem um antenista de confiança. Caso não tenha um antenista de sua confiança ou se desejar instalar uma nova antena parabólica, pode entrar em contato com a Elsys, que poderá orientar-lhe.

  • Qual o telefone da Central de Atendimento do Sat HD Regional?

    O telefone da Central de Atendimento ao Telespectador (CAT) é 4002-2884. O custo é de uma ligação local.

  • Preciso trocar a minha antena parabólica?

    Não é necessário efetuar a troca, pois o telespectador pode utilizar a mesma antena parabólica que possui para a recepção do sinal analógico (ou comprar um novo caso não possua). Lembrando que as recomendações mínimas da antena parabólica são:


    diâmetro mínimo: 1,7m (telada)
    diâmetro recomendado: 2,4m (telada) ou 1,8m (fechada de fibra ou chapa)

  • É preciso de uma TV de plasma, LCD ou LED para instalar o produto ou pode se instalar na TV de tubo?

    Não é mandatório, o telespectador pode usar o Sat HD Regional com uma TV de tubo. Entretanto, para usufruir ao máximo do benefício de qualidade de imagens oferecido pelo SAT HD Regional, é necessário o uso de uma TV de LCD, Plasma ou LED e cabo HDMI (cabo incluído na caixa com o receptor).

  • Posso assistir aos canais analógicos através dos receptores do Sat HD Regional?

    Além da Rede Globo em alta definição o receptor Sat HD Digital recebe os sinais digitais que estão disponíveis no satélite Banda C. Atualmente, as principais emissoras brasileiras que transmitem o sinal analógico também transmitem o sinal digital pelo satélite Banda C.

  • É possível instalar outras tecnologias na TV juntamente com o Sat HD Regional?

    Sim, o receptor Sat HD Regional pode ser instalado na sua TV juntamente com outras tecnologias. Para isso, conecte o receptor Sat HD Regional na entrada HDMI e os outros dispositivos nas entradas adicionais da TV. Para saber como alterar entre um sinal e outro favor consultar o manual de instruções da sua TV. Lembramos que para assistir ao Sat HD Regional você precisa de uma antena parabólica e de um receptor autorizado, além de estar dentro da área de cobertura.

  • Posso sintonizar, por exemplo, o sinal Regional do Paraná, estando no Rio de Janeiro?

    Não. Após a instalação, o sistema irá identificar onde está sua residência e com isso irá sintonizar o sinal regional do Paraná, Goiás, Rio Grande do Sul ou Minas Gerais ou o sinal Nacional no caso dos outros estados. Em breve, outras regiões do país também serão contempladas com o sinal regional da geradora afiliada da Rede Globo do seu estado.

  • Qual a recomendação mínima de tamanho para a antena parabólica?

    As recomendações mínimas da antena parabólica são:


    diâmetro mínimo: 1,7m (telada)
    diâmetro recomendado: 2,4m (telada) ou 1,8m (fechada de fibra ou chapa)

  • O sinal digital pode ser coletivo? Ex: Um prédio.

    Sim, pode, mas o cuidado na instalação deve ser reforçado, já que as perdas serão maiores com a utilização de apenas uma antena parabólica distribuindo o sinal para vários telespectadores. Cada um deles deve ter um receptor oficial do Sat HD Regional e um GLU (módulo GPS) instalado, de forma dedicada e independente. A recomendação de antena é uma maior que 1,8m com LBNF multiponto e utilização de um divisor de alta freqüência, DC Blocks e amplificadores de linha (se necessário). Os GLUs devem ser instalados após o divisor, conforme ilustração abaixo:

Ainda com dúvidas?

Entre em contato com a gente e tire todas as suas dúvidas sobre o Sat HD Regional - a TV digital na parabólica.

Fale Conosco

Acesse tvglobodigital.com - ou o site do Fórum do Sistema Brasileiro de Televisão Digital.

Ou fale com a gente! 400-22-884 / 400-22-TVG Custo de uma ligação local

TV Digital no Brasil

Encontre tudo o que você quer saber sobre a TV digital nas áreas urbanas

Confira a Cobertura

Saiba se a sua casa está em uma região coberta pelo sinal SAT HD Regional

Fale Conosco

Tire suas dúvidas, envie sugestões, entre em contato com a gente